CrônicasCuriosidadesFlashOpinião

“Podes até ser um LICENCIADO, mas não perca o espírito de ANALFABETO”

O ANALFABETO aceita ser cobrador de táxi, e de noite leva pão para os filhos. Não tem medo que a esposa engravide, porque ele tem garra e trabalha. É pobre, mas a seu gosto, vai construindo uma casinha. Pouco, mas semanalmente “esconde” umas moedas no banco para gastar amanhã. A sua esposa faz uns negócios minúsculos para aumentar nos ingredientes das refeições diárias. Todas as manhãs, antes mesmo que o galo cante para anunciar um novo dia, de labuta para esquecer o Stresse!

– O LICENCIADO tem medo de tudo, tem medo de ter filhos, porque a vida não está boa. Culpa o Governo até pela sua falta de erecção. Todas as mulheres não são do seu nível, as do bairro não servem, pois, para ele, são atrasadas. Tornou-se num Revolucionário, porque não conseguiu um tecto na Centralidade, trabalha estas a pensar que ser LICENCIADO é tudo na vida?


– Usa termos técnicos até para falar com a mãe que é iletrada… enfim, um inútil que lê muitos livros, mas tem medo da vida lá fora! Não aceita empregos básicos, porque estudou muito e merece muito mais. Prefere passar fome, do que fazer trabalhos que acha não serem para o seu nível. O analfabeto disse que está quase a ser empresário, porque já juntou muitas moedas, desde 2007! O LICENCIADO ainda está à espera do emprego na AGT ou na SONANGOL.
OBS:. Existe muitos ANGOLANOS com falta de um pão na mesa por esse espírito de LICENCIADO. É hora de mudar o paradigma. Podes até ser um LICENCIADO, mas não perca o espírito de ANALFABETO, não devemos esquecer que ninguém nasceu LICENCIADO, se hoje somos LICENCIADOS, é porque ontem fomos ANALFABETOS

Por: Rosa Bessa de Campos