CulturaEm DestaqueInternacionalLifestyle

Gala dos Óscares 2021: nomeados

Melhor filme

“O Pai”
“Judas and the Black Messiah”
“Mank”
“Minari”
“Uma Miúda Com Potencial”
“Nomadland – Sobreviver na América”
“Sound of Metal”
“Os 7 de Chicago”

Melhor atriz

Viola Davis, em “Ma Rainey: A Mãe do Blues”
Andra Day, em “Os Estados Unidos vs. Billie Holiday”
Vanessa Kirby, em “Pieces of a Woman”
Frances McDormand, em “Nomadland – Sobreviver na América”
Carey Mulligan, em “Uma Miúda Com Potencial”

Melhor ator

Chadwick Boseman, em “Ma Rainey: A Mãe do Blues”
Gary Oldman, em “Mank”
Steven Yeun, em “Minari”
Anthony Hopkins, em “O Pai”
Riz Ahmed, em “Sound of Metal”

Melhor atriz secundária

Maria Bakalova, em “Borat Subsequent Film”
Glenn Close, em “Lamento de uma América em Ruínas”
Olivia Colman, em “O Pai”
Amanda Seyfried, em “Mank”
Youn Yuh-jung, em “Minari”

Melhor ator secundário

Daniel Kaluuya, em “Judas and the Black Messiah”
LaKeith Stanfield, em “Judas and the Black Messiah”
Paul Raci, em “Sound of Metal”
Sacha Baron Cohen, em “Os 7 de Chicago”
Leslie Odom Jr., em “Uma Noite em Miami”

Melhor realizador

Chloé Zhao, com “Nomadland – Sobreviver na América”
David Fincher, com “Mank”
Lee Isaac Chung, com “Minari”
Emerald Fennell, com “Uma Miúda com Potencial”
Thomas Vinterberg, com “Another Round”

Melhor argumento original

Emerald Fennell, com “Uma Miúda com Potencial”
Will Berson e Shaka King, com “Judas and the Black Messiah”
Lee Isaac Chung, com “Minari”
Abraham Marder, Darius Marder e Derek Cianfrance, com “Sound of Metal”
Aaron Sorkin, com “Os 7 de Chicago”

Melhor argumento adaptado

Sacha Baron Cohen, Anthony Hines, Dan Swimer, Peter Baynham, Erica Rivinoja, Dan Mazer, Jena Friedman, Lee Kern e Nina Pedrad, por “Borat Subsequent Moviefilm”
Chloé Zhao, por “Nomadland – Sobreviver na América”
Christopher Hampton e Florian Zeller, por “O Pai”
Kemp Powers, por “Uma Noite em Miami…”
Ramin Bahrani, por “O Tigre Branco”

Melhor fotografia

“Os 7 de Chicago”
“Mank”
“Judas and the Black Messiah”
“Notícias do Mundo”
“Nomadland – Sobreviver na América”

Melhor design de produção

“O Pai”
“Ma Rainey: A Mãe do Blues”
“Mank”
“Notícias do Mundo”
“Tenet”

Melhor montagem

“Nomadland – Sobreviver na América”
“Sound of Metal”
“Os 7 de Chicago”
“O Pai”
“Uma Miúda com Potencial”

Melhor maquilhagem e cabelos

“Emma”
“Ma Rainey: A Mãe do Blues”
“Lamento de uma América em Ruínas”
“Pinóquio”
“Mank”

Melhores figurinos

“Ma Rainey: A Mãe do Blues”
“Mank”
“Emma.”
“Mulan”
“Pinóquio”

Melhores efeitos visuais

“Love and Monsters”
“Mulan”
“The One and Only Ivan”
“Tenet”
“O Céu da Meia-Noite”

Melhor som

“Mank”
“Greyhound”
“Notícias do Mundo”
“Soul – Uma Aventura com Alma”
“Sound of Metal”

Melhor banda sonora original

“Da 5 Bloods – Irmãos de Armas”
“Soul – Uma Aventura com Alma”, Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste
“Notícias do Mundo”, James Newton Howard
“Minari”, Emile Mosseri
“Mank”, Trent Reznor e Atticus Ross

Melhor canção original

“Speak Now”, de “Uma Noite em Miami…”
“Io Si [Seen], de “Uma Vida à Sua Frente”
“Husavik (My Hometown)”, de “Festival Eurovisão da Canção: A História dos Fire Saga”
“Fight For You”, de “Judas and the Black Messiah”
“Hear My Voice”, de “Os 7 de Chicago”

Melhor filme internacional

“Another Round”, de Thomas Vinterberg (Dinamarca)
“Better Days” (Hong Kong)
“Collective”, de Alexander Nanau (Roménia)
“The Man Who Sold His Skin” (Tunísia)
“Quo Vadis, Aida?”, de Jasmila Žbanić (Bósnia Herzegovina) Deux e de Filippo Meneghetti (França)

Melhor filme de animação

“Wolfwalkers”
“Soul – Uma Aventura com Alma”
“Bora Lá”
“Para Além da Lua”
“A Ovelha Choné 2”

Melhor documentário

“Collective”
“Crip Camp”
“The Mole Agent”
“My Octupus Teacher”
“Time”

Melhor curta-metragem de imagem real

“The Letter Room”
“Feeling Through”
“The Present”
“Two Distant Strangers”
“White Eye”

Melhor curta-metragem documental

“Colette”
“A Concerto Is a Conversation”
“Do Not Split”
“Hunger Ward”
“A Love Song for Natasha”

Melhor curta-metragem de animação

“If Anything Happens I Love You”
“Yes People”
“Opera”
“Burrow”
“Genius Loci”