CulturaEm Destaque

Galeria Tamar Golan apresenta “CaDespedida” do artista angolano Mauro Sérgio

O artista angolano Mauro Sérgio vai apresentar-se na Galeria Tamar Golan com “CaDespedida”, uma exposição individual de fotografias a inaugurar no próximo dia 30 de Outubro de 2020, pelas 18 horas. A mostra ficará patente ao público até ao dia 20 de Novembro, podendo ser visitada de Segunda-feira a Sexta-feira, das 09h00 às 17h00, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura, na Ilha de Luanda.
O artista
Enquanto fotógrafo, Mauro Sérgio capta realidades angolanas nos olhos de quem as vive. O livro
da sua história, nesta bela arte de que é “fanático” desde tenra idade, crava nas entrelinhas o histórico da sua presença em grandes instituições internacionais como a Bloomberg, World Press Photo e Everyday Africa, bem como em exposições internacionais em Macau e na Alemanha. No campo das expedições, o “inquilino” da Galeria Tamar Golan durante o mês de Novembro foi por numerosas vezes um dos rostos da prestigiada National Geographic, imortalizando as nossas gentes, a nossa cultura e as nossas tradições.
A Exposição
“A CaDespedida é aquele momento nostálgico de um fim de dia bem passado. Termo cunhado
nas eternas idas à praia na Luanda, Benguela e Porto Amboim do antigamente, onde passar um
dia na praia era um evento preparado com cuidado, antecipado e esperado com ansiedade.


Depois de um dia bem passado em família, na fatídica hora do regresso a casa, era a hora da
CaDespedida, os últimos mergulhos na esperança de esticar a estadia e guardar na memória
aqueles momentos. A CaDespedida é, por outras palavras, a apreciação de uma fase boa e marcante, antes do avanço para novas aventuras. E é desta forma, que o artista se despede deste estilo fotográfico, com um grande mergulho na Galeria Tamar Golan, e parte em busca de novos desafios, Mauro Sérgio é conhecido entre nós como um incansável viajante e explorador do nosso país.
Ele percebe a alma e a essência de cada lugar e de cada pessoa e passa-nos essa mensagem com
a sua nova exposição “Cadespedida”. Explorando as nossas emoções de uma forma única,
intensa e cativante desde o olhar misterioso e sábio, à tristeza e o vazio de um olhar distante e a
serenidade profunda e relaxada em cada imagem. Em pleno caos e confusão em que vivemos,
essa exposição nos transporta para a nossa infância, em que a rua era o nosso palco principal, e
nos submete a uma paz e tranquilidade pela luz intensa e seus contrastes. Ao mesmo tempo nos
faz pensar profundamente em abrandar o passo e deixar estar.