CulturaEm Destaque

Palasa Dance Company homenageia heróis da guerra civil com espectáculo “Se Esses Pés Falassem”

A Palasa Dance Company apresenta a segunda temporada do espetáculo de dança contemporânea denominado “Se Esses Pés Falassem”, um projecto a ser exibido em quatro palcos de Luanda, através de oito sessões, entre os dias 31 de Julho e 22 de Agosto do corrente ano.
De acordo com Miguel Carlos, coreógrafo e director artístico do espectáculo, a ideia não é apontar quem está certo ou errado, e sim reacender a esperança nos corações dos angolanos, de modo a abrirem-se a este tema que, para muitos, ainda é difícil de enfrentar.
“Embora a guerra não seja um assunto agradável, eu fiz questão de terminar o espectáculo de uma forma feliz porque o povo angolano encontra sempre algo para se alegrar no final de tudo. A ideia é trazer esperança no fim do dia. Eu criei este projecto para homenagear os ex-combatentes e começar a conversa que, para muitos, ainda é difícil de enfrentar. Neste espectáculo não falamos de quem está certo ou quem está errado”, começou por revelar o profissional.
Por outro lado, Miguel conta ainda que de uma conversa com o seu tio sobre o processo de guerra civil que assolou o país por quase três décadas, surgiu a inspiração para traduzir este marco da história de Angola num grande espectáculo de dança, que já vai na sua segunda temporada, como forma de homenagear e dignificar todos aqueles que directa ou indirectamente participaram deste acontecimento.

Confira as datas e locais de apresentação:
• Dias 31 de Julho e 01 de Agosto – Auditório Njinga Mbandi – Maculusso – 16h00
• Dias 07 e 08 de Agosto – Fábrica de Sabão – Bairro da Cuca – 16h00
• Dias 14 e 15 de Agosto – Casa das Artes – Talatona – 16h00
• Dia 21 e 22 de Agosto – Cearte – Camama – 16h00
De relembrar que a primeira temporada decorreu nos dias 29 e 30 de Abril deste ano, na Casa das Artes, e registou sucesso de adesão com sala lotada nos dois dias de apresentação. Nesta segunda edição, o grupo promete levar ao palco a mesma magia e energia, porém, assinadas por um novo elenco composto por dançarinos como Malik Fofana, Suzana Francisco, Sita Dinis, Jeremy Kandah, Celder Reis, Patião Teixeira, Jéssica Pedro e Inês Figueira de Castro, Sandro Carvalho.