CulturaEm Destaque

“Vopsi MoMA apresenta-se com “Um quaDro pErFEITO” na Galeria Tamar Golan

O artista angolano Vopsi MoMA vai apresentar-se próximo dia 29 de Outubro de 2021, Sexta-feira, pelas 18 horas, na Galeria Tamar Golan com “Um quaDro pErFEITO”, uma exposição individual que ficará patente ao público até ao dia 26 de Novembro de 2021, podendo ser visitada de Segunda a Sexta-feira, das 9h00 às 17h00, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura, na Ilha de Luanda, junto à escola 1205, paragem da Casa Lisboa.

O artista

“É entre os seus familiares, amigos e fãs, conhecido por Vopsi MoMA. Nasceu em Luanda, em 11 de Novembro, na década de 90, e a quem mesmo já o considera “O Picasso Angolano”. É um artista plástico, autodidata, com limitações e dificuldades de locomoção físicas, não fosse a doença, até então inexplicada, que lhe paralisou os membros superiores e inferiores, ainda em tenra idade. Se é certo o adágio “Quem quer arranja solução, o contrário arranja desculpas”, MoMa é de perto e de longe o perfeito exemplo de superação, do poder da boa vontade- a imagem de quem corre com gosto e só por isso não se cansa. Suas capacidades intelectuais permitiram-lhe desenvolver habilidades nas artes plásticas.
Faz parte da Associação Nfulua Muana, é membro da BJAP; da Maratona dos artistas e da sociedade de artistas francês Jeunes Artistes D´Avenir. Participou em 9 exposições colectivas, sendo que foi em 2017 que o rosto da resiliência começou a sua carreira, tendo hoje as suas obras a desfilar no mercado Europeu, precisamente em Itália e Portugal.

A Exposição
Quem sou eu?! O que eu sei sobre a cultura visual do meu País?! O que eu conheço da História do meu País?!Porquê que gosto do meu País?! Que “Angolano” eu quero ser?! Um momento para uma breve reflexão face a um mundo analiticamente desnorteado, onde a deriva dos adolescentes, dos jovens e o stress dos adultos e a proteção dos idosos são um problema cada vez mais sério. Poderão estes nobres pensamentos contribuir para que nasça ou renasça a esperança de uma sociedade civil responsável e efetivamente mais justa, onde a capacidade de sonhar não seja sufocada pelo desequilíbrio social?

Claro que sim…quanto mais e melhor nos conhecermos, melhor povo seremos! “A História é uma comparação permanente. E aqueles que a não conhecem estão condenados a repeti-la.” Baptista-Bastos (Jornalista e Escritor Português). Dar a conhecer ao Mundo, o meu Mundo (disse o artista), o Melhor de Angola, mostrando a sua História, o seu Presente, a sua Natureza, o seu empreendedorismo, as oportunidades e as artes, dar a conhecer o Mundo de Vopsi.
Ele, Vopsi Moma, desta forma, proporciona às diversas sensibilidades, um produto visual único, para o desenvolvimento tanto cultural como social, permitindo ao cidadão comum um melhor conhecimento sobre o artista, mostrando o tanto de si, como tanto da sua terra, do seu País e, acima de tudo, deixando um legado para as gerações vindouras. Angola precisa de ver e este artista proporcionou isso” Por: Victor Amorim Guerra.

Sobre a Galeria
A Galeria Tamar Golan, da Fundação Arte e Cultura, é um projecto cultural inovador e alternativo, sem fins lucrativos, que visa promover as artes plásticas angolanas e apoiar jovens talentos emergentes nas artes plásticas. Todas as receitas da Galeria são canalizadas para os projectos sociais da Fundação. Criada em 2012, ano em que a Fundação completava o seu 7º aniversário, a Galeria Tamar Golan está situada no Centro Cultural da Fundação, na Ilha de Luanda, junto à Escola Primária 1205. A Galeria está aberta ao público de Segunda a Sábado, das 9h00 às 17h00.
Contributo de responsabilidade social do Grupo Mitrelli e parte integrante da Menomadin Foundation, a Fundação Arte e Cultura conta ainda com o apoio de parceiros estratégicos como o Grupo Siccal (Andrades), o Luanda Medical Center.