DesportoEm Destaque

Coca-Cola perde 4 bilhões USD com um simples gesto de CR7

A Coca-Cola precisou apenas de pouco menos de 24 horas para que as suas acções quebrassem drasticamente, por causa de CR7, quando durante a conferência de imprensa realizada nesta Segunda-feira, 14, visando a estreia da Selecção portuguesa no EURO 2020, o astro português simplesmente retirou as garrafas da sua mesa, e exibiu a água.

O acto que parecia simples, mas que ganhou repercussão depois que vazaram informações sobre a queda financeira histórica da gigante Coca-Cola.

Ronaldo entretanto, entrou em campo nesta Terça-feira, 15, contra a Hungria, com direito a um bis, num jogo onde a Selecção das quinas, venceu por 3-0.