DesportoFlash

F I M

O técnico principal da seleção nacional de futebol, Pedro Gonçalves, deve orientar os Palancas Negras pela última vez nesta terça-feira, 16 de novembro, dia também que expira o seu contrato de dois anos com a Federação Angolana de Futebol (FAF).


O treinador português, que alega estar há sete meses sem salário, pronunciou-se muito recentemente sobre o seu desejo de continuar no posto, mas disse que ainda não tinha sido contatado pela direção da FAF para o efeito.

Até ao momento não houve nenhum anúncio da FAF para determinação da continuidade ou afastamento do técnico luso.