Em Destaque

500 mil USD leva leva o enteado à assassinar sua família

A ganância e ambição estiveram na base deste bárbaro crime que provocou a morte de três cidadãos da mesma família, encontrados mortos nesta segunda-feira 24, no interior de uma viatura no Kilamba.


De acordo com o porta-voz do SIC, Manuel Alailua, o mandante do crime é o enteado de Kamokotele Andrade. O jovem de 29 anos, conhecido como Vander, por sua vez enteado da vítima, terá mandado matar o padrasto, o sobrinho e o filho deste por causa dos 500 mil dólares, que estava na conta do malogrado, recebido como indeminização da empresa BP, por este ter rescindido o contrato de forma amigável, contou o porta-voz do SIC.

Fontes próximas ao caso, dá conta de que os presumíveis autores confessaram o crime. O enteado, que conseguiu transferir os valores para uma determinada conta, foi um dos membros da família que esteve no local onde foram encontrados os corpos e desabou em lágrimas, mostrando frieza e bastante sentimento pelo sucedido