Em Destaque

Reino Unido será o primeiro país a dizer adeus à ” Covid-19 “

Nadhim Zahawi, antigo ministro britânico para a vacinação, acredita que o Reino Unido será o primeiro país a ‘livrar-se’ da pandemia e a passar para uma situação endémica através da vacinação.

Ainda que tenha sido alvo de críticas, o responsável considerou que a decisão do governo de levantar as restrições no verão deste ano representou um sucesso, já que permitiu reabrir a economia.

Em declarações à rádio Leading Britain’s Conversation (LBC), Zahawi acrescentou acreditar que o Reino Unido será “a primeira grande economia mundial a mostrar como é que se transita de pandemia para uma situação endémica através das vacinas”.

Recorde-se que chamamos de pandemia a uma doença que se expande rapidamente e que atinge vários países e regiões, ao passo que uma situação endémica se refere a um surto limitado a uma determinada região, ainda que persistente – o que o torna mais fácil de controlar e de prever.

A declaração surge a propósito da situação epidemiológica da Áustria, que voltou esta segunda-feira ao confinamento.

Mais de um milhão de pessoas entre os 40 e os 49 anos podem agora agendar a vacinação contra a Covid-19 no Reino Unido, sendo que cerca de 1,5 milhões de convocatórias serão enviadas para este grupo etário nas próximas semanas, segundo o Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS).

Até sexta-feira, foram administradas mais de 14 milhões de doses de reforço na região.