Em DestaqueFlash

Angolanos garantem “natal normal” apesar das restrições

As famílias angolanas são obrigadas a festejar de forma restrita o habitual natal que se avizinha, de modo a não violar as medidas de prevenção recomendadas pelo Executivo, para não propagar a COVID-19, numa altura em que já se fala em vacinas para 2021.

Passados quase 9 meses desde que Angola adotou as medidas de prevenção para conter a propagação do vírus, os angolanos foram obrigados a seguir escrupulosamente uma série de medidas que fará com que várias  famílias não celebrem o natal como  nos anos anteriores.

O jornal  O Primeiro, tem acompanhado atentamente o desenrolar de toda situação, por isso saiu às ruas para ouvir algumas familias sobre como será o natal de 2020.

Domingas Tumbuca, jovem de 25 nos de idade, disse que o natal de 2020, apesar de diferente, não vai fugir na regra e a moda angola:

“Em minha casa sera divertido, com musica, bolos, bebidas e outras comidas” disse.

 Já para o designer gráfico e consultor de imagem, Arthur Mesquita, o natal de 2020 não vai roubar a regra, por isso, estará  como em todos os anos, sempre ao lado da família comemorando a data que para os cristãos representa o nascimento de Jesus Cristo.

Para finalizar, Josefa Manual, mãe e dona de casa, admitiu que o natal será diferente, mas concorda com os outros entrevistados, e garante que a ceia não vai faltar.

“Será diferente com relação os outros anos, mas Família reunida não pode faltar” finalizou.