Em DestaqueFlash

Economista diz ser contra a moda do empreendedorismo

Numa altura em que a possibilidade para ter um emprego no Estado é quase pouca para os jovens angolanos, na sua maioria buscam por uma solução, e o empreendedorismo tem se mostrado ser o caminho ideal, embora o economista Daniel Sapateiro seja contra.

Em entrevista ao Jornal “O PRIMEIRO”, o economista Daniel Sapateiro, afirmou categóricamente que é contra os Empreendedores devido a falta de organização.

Daniel Sapateiro/ Economista e gestor financeiro

“Está haver uma moda, e as modas têm tempo que começam e acabam muito rapidamente, eu sou contra o empreendedorismo porque tem se feito disso como saída para a situação de desemprego dos jovens e do acréscimo do auto-emprego. Angola não precisa de empreendedorismo, Angola precisa de empreendedores com ideias de negócio e depois transformem esta ideia de negócio em empresa, e o que uma empresa deve ser é meter a funcionar o país, e essas Empresas têm que ter contrato de trabalho, têm desconto, e o estado recebe um imposto, as empresas têm seguro, gestão, documentação e informação financeira e de outra natureza, isso é que é uma Empresa.”

“Quando eu formalizo uma empresa, quer dizer que tenho um conjunto de preceitos legais e não legais, não diz que tenho que ter um conjunto de documentação interna, mais para uma boa gestão de uma Empresa, tem que ter relatórios internos, e o um empreendedor não tem isso, é por isso que eu estou contra a moda do empreendedorismo porque é igual a informalidade,” rematou.

De recordar que para aquelas pessoas que têm ideias de Empreendores, o economista Daniel Sapateiro, diz que é preciso fazer um estudo de de viabilidade, deve agregar toda sua documentação e dos referidos sócios para a formalização da sua ideia de negócio.