Espaço Novelas GloboLifestyleO Primeiro Brasil

“Sete Vidas”: Miguel é dado como morto na Antártica, mas sobrevive e percebe que tudo mudou quando regressa ao Brasil

Tudo começa quando Miguel resolve embarcar numa expedição arriscada à Antártida para fugir da responsabilidade de ter que assumir uma relação mais séria com a namorada, a jornalista Lígia (Debora Bloch). O oceanógrafo Miguel foge de vínculos afetivos devido a um trauma familiar do passado: ele acredita ter provocado a morte da sua mãe na adolescência.
Durante a viagem, o navegador sofre um acidente de barco e é dado como morto. Lígia vai até a Antártica com Lauro (Leonardo Medeiros), melhor amigo e parceiro de trabalho de Miguel, acompanhar as buscas pelo corpo e, ao voltar para o Brasil, descobre que está grávida.
Ao mesmo tempo, a estudante de medicina Júlia descobre que não é filha biológica do falecido pai, numa aula prática do curso. Ao questionar a mãe Marta (Gisele Fróes), dona de um renomado buffet, a moça é informada que o pai era estéril e que ela foi gerada por meio de inseminação artificial.

Com o número de registo do seu doador anónimo, a estudante descobre que tem um meio-irmão: o biólogo marinho Pedro (Jayme Matarazzo). Os dois marcam um encontro numa manifestação contra a instalação de uma indústria química no centro do Rio de Janeiro. Eles não se encontram no lugar marcado, mas esbarram um contra o outro. A atração é imediata, mas, horas depois, os dois se identificam e iniciam um convívio marcado por um amor impossível.

Pedro e Júlia enviam uma carta ao doador de número 251 e o documento é entregue a Lígia, que está grávida de Joaquim, meio-irmão deles, e decide conhecê-los. Durante um jantar em casa do biólogo, a jornalista conhece Vicente (Ângelo Antônio), produtor musical e pai de criação de Pedro. O convívio entre eles aumenta e acaba em casamento.

Morto ou vivo?
Um ano após o acidente na Antártica, Miguel (Domingos Montagner) volta ao Brasil e procura Lauro (Leonardo Medeiros). O oceanógrafo conta que foi resgatado quase sem vida por um pesqueiro clandestino e, depois, abandonado e sem memória numa colónia de pescadores. Aos poucos, ele recuperou as suas lembranças e agora está disposto a retomar a sua vida.

Ao se deparar com a notícia do casamento entre Lígia (Debora Bloch) e Vicente (Ângelo Antônio), com a existência de Joaquim e a aparição dos seus dois filhos biológicos, fruto da doação de sémen que fez aos 16 anos de idade nos Estados Unidos, Miguel decide ir embora novamente. Ele prefere continuar dado como morto e pede para o amigo guardar o segredo.

“Sete Vidas” de Lícia Manzo, tem direcção de núcleo e geral de Jayme Monjardim. A trama vai ao ar todos os dias, após “Chocolate Com Pimenta”, às 18 horas e 45 minutos, no Globo ON, posição 72 da ZAP. Pode ainda aceder aos conteúdos Globo em Angola através do Globo HD e Globo On, posições 10 e 72 da ZAP.