InternacionalOpinião

Histórico: Economia chinesa dispara o PIB para 4,9% em tempo de pandemia

A economia da China cresceu 4,9% no 3º trimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (19). O resultado ficou abaixo das expectativas dos analistas consultados pela agência de notícias Reuters, que previam alta de 5,2%.

Os dados divulgados nesta segunda mostram que o avanço do Produto Interno Bruto (PIB) do gigante asiático é de 0,7% nos primeiros nove meses do ano na comparação com 2019.

Mesmo abaixo do esperado, o resultado mostrou uma aceleração frente ao avanço de 3,2% registrado no 2º trimestre, na comparação com o mesmo período do ano passado.

A segunda maior economia do mundo tem se recuperado gradativamente do baixo crescimento observado nos primeiros meses do ano, quando a China foi impactada pela pandemia do coronavírus.

O governo chinês implementou uma série de medidas, como aumento do gastos fiscais, redução de impostos e cortes nas taxas de empréstimos para estimular a economia e garantir o empregos.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) projeta um crescimento de 1,9% para o PIB da China em 2020.