Em DestaquePolítica

C.Norte: discurso do PR levanta “onda de manifestações”

Vários cidadãos na província do Cuanza-Norte prometem, dentro de dias, realizar uma onda de protestos contra o discurso dirigido à Nação pelo PR, que fazia jus à existência de uma suposta centralidade, na província.

De acordo com uma fonte do “O PRIMEIRO” àquela circunscrição do país, a onda de protestos visa obrigar e a desafiar o Executivo de João Lourenço, na pessoa de sua excelência PR, a identificar o local da centralidade e a data de sua inauguração.

“Nós não podemos estar a viver de mentiras. Ser gestor público implica descomprometer-se com mentiras e falsidades. Por isso desafiamos, através de protestos, o PR a identificar e a garantir a data de sua inauguração”, desafiou.

Por outro lado, acusou o PR de ser um político que supostamente (quase) desconhece a província e, consequentemente, a triste realidade porque passam os petizes dos vários municípios daquela zona norte do país.

” O discurso à Nação do PR, para nós- cidadãos cuanza-nortenhos-, veio demonstrar o quão grande é o seu desconhecimento à província”, acusou.

Questionado pelo o “O PRIMEIRO” se existe ou não uma centralidade em fase terminal, a fonte respondeu:

“Será justamente por esses “desrespeitos” do PR aquando do seu discurso à Nação, que pensamos protestar. Não existe centralidade nenhuma. O que existe é apenas pilares cobertos de cimento desde 2014″, replicou.

Outrossim, embora não tenha avançado com a data de sua realização, porém a fonte garantiu que em breve toda a província ficará marcada com cartezes e panfletos a dizer o seguinte: “João Lourenço, mentiroso, Cuanza-Norte está cansado”.

“[…] Toda juventude já está mobilizada para o protesto, pois estamos cansados com as mentiras desse governo. Por isso, em voz alta diremos: João Lourenço, mentiroso, o Cuanza-Norte está cansado”, garantiu.