Em DestaquePolítica

Movicel acusa a imprensa de pretender perturbar “a boa concorrência”

Apesar da queda bruta de clientes, a operadora Movicel, negou categoricamente, em comunicado de imprensa, nesta Quarta-feira, 7, que “não perdeu massivamente” os seus clientes, contrariando a informação avançada em primeira mão pelo Jornal O Primeiro, no dia 4 de Outubro, que dava conta da queda de clientes na operadora, de 2 milhões para 112 mil em apenas 1 mês.

No comunicado, a operadora diz não ter perdido massivamente os seus clientes, e que tal notícia é de índole maliciosa com o propósito de querer perturbar a concorrência salutar que existe no mercado das telecomunicações em Angola.

Recorde que, na peça posta a circular pelo Jornal e assinada pelo Matias Daniel, não adianta “a perda massiva de clientes”, conforme faz passar o comunicado da operadora, no entanto, adiantou números que foram colhidos e calculados cuidadosamente de fontes fidedignas.