Em DestaqueInternacionalPolítica

Victória da SPD marca o fim da era de Ângela Merkel


Após muito tempo no topo como sanchele Alemã, numa luta de braço de ferro o Partido Social-Democrata (SPD), venceu as eleições parlamentares alemãs, que marcaram o fim da era de Angela Merkel, com 25,7% dos votos, de acordo com uma contagem oficial provisória anunciada hoje Segunda-feira, pela Comissão Eleitoral Federal.


A disputa eleitoral será conquistada por quem conseguir construir uma coligação maioritária entre pelo menos três formações partidárias, após negociações que terão início nesta segunda-feira.


Só depois dos membros do Bundestag designarem formalmente o seu sucessor, o que poderá acontecer dentro de várias semanas ou mesmo de meses, Angela Merkel poderá retirar-se do centro da política alemã.
Pouco depois do encerramento das urnas, o candidato social-democrata Olaf Scholz disse que o resultado é um “sucesso” para o SPD – que conseguiu o melhor resultado desde Gerard Schroder – e que os alemães desejam-no para chanceler da Alemanha.


Apesar da curta vantagem do SPD, os democratas cristãos dizem que têm condições para formar governo, tudo dependendo das alianças que conseguir alcançar.


“Nós vamos fazer tudo para podermos formar um Governo dirigido pela aliança CDU/CSU”, disse Laschet.