Em DestaqueSem Categoria

Detido cidadão que assassinou seu próprio filho num ritual


Um cidadão angolano de 30 anos de Idade escoartejou a cabeça e queimou o seu próprio filho de 4 anos de idade, nesta terça-feira, em Luanda no Zango 2, alegando cumprir uma missão divina.


O presumível autor do crime de nome Abel Pires Dito, residente no Zango 2, que o mesmo praticava ritual satánico levou o filho para um terraço meteu-lhe deitado e escortejou a cabeça, e depois atirou fogo no próprio filho.


Segundo ele está a cumprir uma missão divina e que deveria fazer aquele sacrifício, porque era um pedido de Deus.
O autor do crime já encotra-se detido e o será apresentado pelo Ministério Público, pelo crime de Infaticidade, sengundo informou o porta-voz do comando provincial de Luanda, Nestor Gobel.